Machu Picchu

Existem duas formas de chegar a Machu Picchu: via trilha Inca ou via trem.

Via trilha Inca:

Tem a trilha Inca mais longa de 4 dias e a mais curta de 2 dias. Em fevereiro, por ser época de chuvas, a trilha fica fechada para limpeza. Existe um número limitado, máximo de 500 pessoas por dia na trilha. Isso inclui turistas, carregadores, cozinheiros e guias. As vagas são para o mundo todo. Por isso, para percorrer a Trilha Inca 4 dias ou a Trilha Inca 2 dias, é fundamental fazer reservas antecipadas com meses de antecedência. Independente da época em que você for viajar.

A trilha mais longa sai do Km 82 da ferrovia e vai até o povoado de Águas Calientes um total de 43 Km, passando por povoados, complexos arqueológicos e templos. A volta é de trem.

A trilha mais curta sai do Km 106 da ferrovia e vai até o povoado de Águas Calientes um total de 15 Km. Visita dois complexos arqueológicos. A volta também é de trem.

Quando eu fui eu queria fazer a trilha mais curta, mas chegando lá fiquei sabendo que a trilha estava fechada para limpeza. Muitas agencias ofereciam uma trilha alternativa, não lembro bem qual era o roteiro, só lembro que era caro e caído.

Via trem:

trem chegando em Águas Calientes

Como disse no post anterior existem duas opções: por Cusco ou por Ollantaytambo.

Por Cusco:

Eu peguei o trem Backpacker, opção mais econômica ele sai de manhã bem cedo em direção a Águas Calientes, a viagem dura 3:30.

Se tiver o tempo curto dá para fazer o passeio para Machu Picchu em apenas um dia. Depois de pegar o trem que sai de Cusco pegar um micro ônibus que sobe até a entrada do complexo arqueológico, passar o dia e pegar o trem de volta a Cusco as 17 horas.

Eu não fiz este trajeto pois queria conhecer o povoado de Águas Calientes e as famosas e rústicas piscinas de águas termais.

Meu trajeto foi: Pegar o trem de Cusco para Águas Calientes, cheguei por voltas das 11:00, estava tão ansiosa para conhecer Machu Picchu que fiz o caminho do micro ônibus a pé, a trilha é bem curta e no meio dela encontrei com a criancinhas vestidas de Incas que vão acompanhando a descida do micro ônibus dando tchauzinhos animados em várias línguas inclusive o quechua, eles são tão rápidos que surpreendem as pessoas dos micro ônibus.

início da pequena trilha para Machu Picchu

Chegando lá na porta de entrada de Machu Picchu decidi não entrar, pois já havia contratado um guia para a manhã seguinte. Passei a tarde conhecendo o povoado, que aliás não é nada demais.

No dia seguinte acordei bem cedo as 05:30, segundo o guia, esta é a melhor hora para visitar Machu Picchu pois estaríamos praticamente sozinhos. Depois que o trem de Cusco chega por volta das 11:00, a cidade Inca lota.

Assim que cheguei, por volta das 07:00 da manhã, as ruínas estavam cobertas por neblinas, mas conforme foi ficando mais tarde e o sol aparecendo as neblinas sumiram. A paisagem ao redor, as ruínas, o rio lá embaixo, Wayna Picchu do outro lado é tudo muito louco e maravilhoso.

Em fevereiro a trilha para Wayna Picchu também fica fechada, o acesso se dá por uma trilha que sai de Machu Picchu.

Por Ollamtaytambo:

Vou descrever o trajeto que uns amigos fizeram e este é o trajeto que as agencias em Cusco normalmente oferecem, por ser mais barato.

Fazer o passeio do Vale Sagrado, quando chegar em Ollantaytambo dormir em um hostel e pegar o trem Backpacker as 05:37 da manhã chegando a Águas Calientes às 07:01h, pegar o micro ônibus para Machu Picchu, passar o dia e voltar no mesmo dia pegando o último trem para Ollantaytambo e de lá um transfer para Cusco.

E quando entrar na cidade Inca não esqueça de carimbar seu passaporte!

Nem preciso dizer que a cidade Inca é surpreendente, as fotos abaixo são auto explicativas:

assim que cheguei, ainda com muita neblina

Machu Picchu

Wayna Picchu no fundo

llama, llama, llama, llama...

foto clássica

Sites úteis:

Empresa brasileira de turismo que vai a Machu Picchu por trilha ou por trem.

Andes Peru – empresa peruano de turismo.

Peru Rail – compras de passagens de trem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *