Minhas dicas de New York – Parte I

Eu demorei um pouco a escrever sobre New York por não me sentir uma profunda conhecedora da cidade apesar de já ter ido duas vezes, acredito que seja por ela ser uma cidade que está em constante mudança, sempre há algo novo e diferente acontecendo.

Bom, se for para ticar os pontos turísticos 4 dias está bom, mas eu sinto que Nova Iorque tem muito mais a nos oferecer do que pontos turísticos.

Na minha primeira vez, fui aos 18 anos e estava com toda a família, nós passamos praticamente nossos dias naqueles ônibus vermelhos, ticando os pontos turísticos, os únicos pontos que nós realmente fomos foi a estátua da Liberdade e o edifício Empire State, que fomos até o topo apreciar a vista linda.

Já na segunda vez era fim da minha lua de mel e queríamos passar uns 4 dias para fazer compras, ir ao teatro, visitar uma parte da minha família que mora lá, conhecer alguns bairros fora do fervo e comer bem. E é desta viagem que eu vou falar neste post.

Depois de muito pensar acabei decidindo ficar próximo a Times Square. Nós ficamos no Westin, muito bem localizado e novo.

Na primeira vez eu fiquei no Milford Plaza, é praticamente ao lado do Westin, recentemente ele sofreu uma reforma então os quartos estão novinhos, o preço é bom, mas os quartos são pequenos.

Vista do quarto do hotel

Vista do quarto do hotel

Ficar perto da Times Square tem suas vantagens e desvantagens.

As vantagens são de estar próximo a Brodaway, ter bons restaurantes por perto e muitas atrações turísticas estarem ao seu redor.

A principal desvantagem é que tudo é muito cheio, até para andar na calçada é difícil, tem congestionamento, muitos turistas o que perde um pouco da característica local.

Vamos aos passeios:

 Woolburry

A principal atração de Woolburry é o outlet de mesmo nome, ele fica a 1h de distância ou 49 milhas da Times Square. O acesso pode ser feito por ônibus que saem de vários ponto de NY ou de carro. A passagem do ônibus custa U$40,00 ida e volta e os passageiros ainda ganham um livro de descontos das lojas do shopping. Para quem vai de carro e quer se beneficiar dos descontos é só ir ao centro de informações e comprar o seu por U$20,00.

Para mim as melhores lojas foram: a Levis, a Michael Kors que era lotada de brasileiros e chineses, a DVF, a Kate Spade, kippling, Tory Burch, mas eu fui pouco objetiva e acabei perdendo muito tempo na MK e na Levis e não deu tempo de ver as outras lojas.

Fiquem atentos aos defeitos pois algumas roupas que meu marido comprou na Calvin Klein e na Polo Ralph Lauren rasgaram com menos de 6 meses de uso.

Loja de fotos e eletrônicos

A  B&H photo para mim é a melhor loja de fotografia nos EUA, super completa, com bons preços e vendedores atenciosos. A loja é uma atração a parte, gigantesca, vende tudo de eletrônicos e informática. Fica na 9th Avenue entre a 34th e a 33th Street.

 5th Avenue e arredores

Quando terminamos as compras na B&H photo  pegamos a 34th Street e fomos em direção ao Madison Square Garden, tínhamos uma ponta de esperança de ainda haver ingressos dos playoffs da NBA. Não tinha, carinhas tristes :( .

Dali fomos em direção ao Rockefeller Center na 5th Avenue. O Empire States e o Bryant Park também ficam nessa avenida. No caminho muitas lojas de departamento como a Saks Fith Avenue e Urban Outfitters.

Nossa intenção era almoçar em um dos restaurante e bares que ficam na parte de baixo do Rockefeller Center, mas estava tudo muito cheio e com longas esperas, daí pulamos o almoço e fomos direto para a sobremesa na Magnolia Bakery, que fica também no Rockefeller Center mas na 6th Av. Pedimos uns quatro sabores  de cupcakes mas o que nos conquistou mesmo foi a pecan pie (torta de nozes).

Empire State

Empire States

Lojas de departamentos

As principais são: Macy’s, Saks 5th Av., Bloomingale’s, Nordstorm, Urban Outfitters e H&M. Escolhi essas pois não tem no Brasil. A minhas favoritas foram a Macy’s e a Bloomingale’s. A Macy’s é muito cheia mas ela tem uma seleção de itens com preços mais acessíveis. Comprei produtos da Mac e da BCBG lá, quando eu fui estava tendo aquela parceria com estilistas brasileiros.

Já a Bloomingale’s na 3rd Av. foi a que eu mais gostei pois era vazia e organizada, além de turistas terem desconto de 10% em compras durante uma semana é só mostrar o passaporte no sac deles.

Wall St. e WTC Memorial

Fomos para Wall St. num domingo então estava bem vazio, só tinha turistas. Após conhecer o famoso prédio da bolsa de valores de NY fomos  ver a estátua do touro, chegando lá pegamos uma pequena fila para tirar foto ao lado da estátua.

Wall St.

Wall St.

Bull

Bull

Bem próximo está o WTC Memorial, nós decidimos não entrar pois havia uma fila muito grande além de ser pago.

As novas torres gêmeas

As novas torres gêmeas

No final da Wall St. está o Battery Park de onde saem os barcos para visitar a Estátua da Liberdade.

Foto tirada do parque

Foto tirada no Battery Park

Lembrando que aos domingos algumas estações de metro fecham, mas dentro do metro ou na porta eles avisam qual está fechada e a alternativa.

Soho

Eu adorei o Soho, um pouco menos tumultuado que a região central de Manhatan, concentra lojas, restaurantes, bares e galerias de arte. Na rua camelôs com seus artesanatos bem bonitos.

Mercer St.

Mercer St.

As principais ruas são: Broadway, Mercer St., Prince St. e Spring St.

Minha loja favorita a All Saints fica na Broadway ao lado da Bloomingale’s, Zara, Sephora, Banana Republic, Club Monaco entre outras.

Na Prince St. Apple Store, Michael Kors, Lacoste, Coach, Camper, J Crew e muitas outras lojas de fazer você desejar mais do que pode.

Na Mercer St.Vera Wang,  Marc Jacobs e Phillip Lim.

No post seguinte vou escrever sobre os bares e restaurantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *